Arquivo da categoria: Narrativa

Vivendo com o mínimo

Foto1.
A Porto Alegrense Sílvia Regina dos Santos mostra a geladeira quase vazia- Crédito: Jean Lazarotto.
“Luxo pra mim seria uma muda de roupa nova”. Este é o sonho de consumo da auxiliar de serviços gerais de 37 anos, Sílvia Regina dos Santos Ribeiro, que além de pagar aluguel e as contas do mês, ajuda a sustentar a filha e um neto. Tudo isso com o salário mínimo de R$ 788,00.

Por Jean Lazarotto
Jornalismo Econômico / Noite

Manhã ensolarada de sábado em Porto Alegre, fui até o emprego de dona Sílvia na zona norte da capital, onde havia combinado de buscá-la para ir até sua residência no Bairro Rubem Berta. Pedi que ela indicasse o caminho e ela assentiu meio insegura, no trajeto acabamos errando uma entrada. “Estou perdida também, como sempre vou de ônibus eu nem sei direito o caminho que ele faz, volta uma que é ali”, falou, justificando-se sem jeito.

Continue lendo Vivendo com o mínimo

Nem Uber, nem táxi: só Jesus, mesmo

Carros do Jesus
Jesus com os dois carros que usa para trabalhar atualmente, Spin e Siena- Crédito: Arquivo pessoal.

De taxista e PM ao homem cujo celular mais toca na noite porto alegrense, Jorge Jesus Gomes possui uma exclusividade que nem o Uber conseguiu firmar, com clientes VIPs e um sorriso que nunca sai do rosto.

Por Rafaela Amaral
Jornalismo Econômico / Noite

Jorge Jesus Gomes, 59 anos, é a prova de que nada na vida acontece por acaso. Em uma época que não existia celular, muito menos aplicativos que chamam táxi em três minutos, Jesus não fez nada de diferente, virou mais um motorista de táxi como muitos outros, o que, segundo ele, era a opção mais simples, por ser uma profissão que não exigia tanto como hoje em dia. Continue lendo Nem Uber, nem táxi: só Jesus, mesmo

A listinha do Gringo

É em um pedaço de papel que se encontra o nome das pessoas que ficam devendo naquele local. Como um crédito informal, os clientes podem contar com o barzinho nos momentos em que a situação financeira fica apertada.

A listinha de fiados. Compradores de confiança do Bar do Gringo, em Porto Alegre. Foto: Vanessa Magnani
A listinha de fiados. Compradores de confiança do Bar do Gringo, em Porto Alegre. Foto: Vanessa Magnani

 Por Vanessa Magnani
Jornalismo Econômico / Manhã

Um bar de esquina. Bar, boteco, cantina, lancheria e até restaurante. Muitos substantivos já foram utilizados para designar o mesmo estabelecimento. Porém, nenhum mais interessante do que o “segunda casa”. Continue lendo A listinha do Gringo

Everton, cadê o lanche?

Everton Weber Cordeiro, no início do curso de Jornalismo, visita estúdios da TVE durante eleições de 2012 – Crédito: Arquivo Pessoal
Tudo começou de uma maneira despretensiosa, do tipo “vamos ver no que vai dar”. Era o ano de 2012, 1º semestre do curso de jornalismo na UniRitter. Com recursos limitados, contei com a ajuda de um amigo que tem uma padaria e me perguntou se eu gostaria de levar uns salgados para vender na faculdade. Ele me faria preço de custo e com uma margem de lucro (óbvio) poderia fazer uma graninha extra. Fiquei um tanto relutante, mas topei.

Por Everton Cordeiro
Jornalismo Econômico / Manhã Continue lendo Everton, cadê o lanche?

Itália trilha um novo caminho

Primeiro ministro italiano busca alternativa à austeridade alemã e segue modelo trabalhista americano. O país almeja o crescimento e a liderança no bloco europeu

Turistas não deixam de aproveitar Veneza, mesmo inundada. Basílica di San Marco ao fundo. Foto: Daniela Fragomeni
Turistas não deixam de aproveitar Veneza, mesmo inundada. Basílica di San Marco ao fundo. Foto: Daniela Fragomeni

Por Daniela Fragomeni, da Itália
Jornalismo Econômico / Manhã

Matteo Renzi, primeiro ministro da Itália, é o político mais jovem a ocupar o cargo no país. De mangas arregaçadas e calças jeans, concede entrevista à edição especial de 75 anos da revista Oggi. Ele fala da reforma trabalhista e judiciária que enfrenta e diz que irá colocar a Itália de volta na liderança da Europa. Continue lendo Itália trilha um novo caminho

O desfile dos premiados no palco do agronegócio

Foto: Daniela Fragomeni
Cerimônia de abertura da 37ª Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer) – Crédito: Daniela Fragomeni

Por Daniela Fragomeni
Jornalismo Econômico / Manhã

Ninguém diria que dali a uma hora este seria o local mais visado do país. Estou na Pista Central, local do julgamento de bovinos, do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, na cidade de Esteio (RS). Há um grande círculo de barro pisado, com singelas arquibancadas à volta e duas grandes tendas brancas ao centro. Por volta das nove horas do dia cinco de setembro de 2014, vasculho o local. Fora uns poucos assessores agitados, destacados por seus crachás vermelhos e telefones em punho, o cenário é de total placidez.

Ao pedir informações, descubro que o público ‘normal’, ou sem crachá, não tem muita opção para assistir ao evento, marcado para as 10 horas. Mas na manhã nublada e fresca, aquele local vazio não apresentava muitas barreiras. Escolho o melhor ângulo e me sento decidida. Ao pé da pequena arquibancada, estão dois cinegrafistas, outro circula pela arena e traz as últimas notícias.

– Ela vai falar dali de cima, vai plantar uma muda de pau-brasil e dar o ‘blá blá blá’ dali mesmo. Continue lendo O desfile dos premiados no palco do agronegócio