Arquivo da tag: pets

O mercado das rações no agronegócio e no comércio de ‘pets’

Stand da empresa Supra na Expoagas 2014. Crédito: Camila Arosi

O mercado de rações para animais de estimação vem crescendo significativamente. Dados do setor mostram que durante o primeiro semestre de 2014 foram produzidas 31,5 milhões de toneladas de rações no Brasil, um acréscimo de 2,4% comparado ao mesmo período do ano passado, e a expectativa é que estes números aumentem.

Por Camila Arosi
Jornalismo Econômico  / Manhã

É cada vez maior a participação do setor das rações na economia nacional e, por isso, é parte relevante do agronegócio: até o fim de 2014, estima-se que cerca de 67,3% do faturamento venha dos produtos para nutrição animal, cuja composição é 95% de ingredientes como milho, soja, arroz, trigo, e carnes de aves, bovinos e peixes. Continue lendo O mercado das rações no agronegócio e no comércio de ‘pets’

Brasil é o segundo no abate de chinchilas

O mercado de chinchilas movimenta em torno de R$ 5 milhões por ano no Brasil. Perde somente para Argentina na produção e exportação. Do animal se utiliza a carne e a pele no abate. É também utilizado como bicho de estimação no valorizado mercado de ‘pets’. A criação está em alta no Rio Grande do Sul, que vende para o mercado nacional e internacional, tendo como cliente mais importante o Canadá.

Durante o último final de semana na Expointer o stand da ChillaCenter contou com a presença de Rogério Oliveira (esquerda da foto) para auxiliar os compradores. Crédito:  Katiuscia Couto
Durante o último final de semana na Expointer o stand da ChillaCenter contou com a presença de Rogério Oliveira (esquerda da foto) para auxiliar os compradores. Crédito: Katiuscia Couto

Por Katiuscia Couto
Jornalismo Econômico / Manhã

A ChillaCenter é a maior cabanha especializada em chinchilas do Brasil,  e está localizada em Viamão, na Grande Porto Alegre. Sua principal função é criar e reproduzir chinchilas para distribuição a empresas terceirizadas, responsáveis por matar os animais. Hoje o Estado conta com mais de 500 ‘chinchileiros’, pessoas que criam e vendem a pele e a carne do animal. Continue lendo Brasil é o segundo no abate de chinchilas